fbpx
                       
Uma senha sera enviada para seu e-mail

Quando usar equipamentos de monitoramento para meu familiar idoso?

Esclarecer as suas intenções com o monitoramento ajudará na escolha dos sensores de monitoramento mais indicados, pois uma seleção equivocada pode encarecer as despesas, os equipamentos e os serviços.

A angústia de não saber o que se passa com seu familiar em casa pode ser um dos motivos pelos quais você pense em adquirir um equipamento de monitoramento a distância.

Quer seja porque seu familiar  mora sozinho, porque você tem que se ausentar por motivo de trabalho ou porque não tenha confiança em um cuidador pago o fato é que a segurança de que se algo indesejável acontecer você vai ser aviado rapidamente pode ser um conforto psicológico. Hoje em dia morar em uma grande cidade pode significar muito trânsito e até várias horas até que você possa prestar socorro ao um ente querido que está sozinho em casa.

O que exatamente você está querendo monitorar?

Normalmente, as famílias e os idosos ficam muito indecisos se devem ou não monitorar ou serem monitorados. Por isso, é preciso avaliar até que limite seria aceitável o monitoramento para que a privacidade não seja tão invadida. Discuta isso com seu familiar abertamente e juntos vocês podem ponderar a melhor forma e o momento certo.

Alguns aspectos são relevantes nesta decisão. Qual é o problema de saúde do seu familiar idoso e como esse problema está impactando no seu dia a dia?  Quão próximo o cuidador familiar está para amparar no momento certo? Qual é o custo dos equipamentos e sua manutenção?

Como avaliar o que precisa ser monitorado?

Para isso, listamos algumas situações para que seja avaliado o que exatamente precisa ser monitorado:

Checar se seu parente está bem e perceber alguma alteração importante no seu dia a dia.

  • É aplicado para idosos mais independentes.
  • O monitoramento pode ser apenas para certificar-se da inexistência de sinais de problemas de saúde.
  • O cuidador familiar pode utilizar o sensor durante um período curto do dia para fazer esta checagem.

Ser alertado prontamente pela detecção automática de um dispositivo devido à ocorrência de eventos fora da rotina normal da casa.

  • É indicado para todos os tipos de idosos que moram sozinhos.
  • A questão aqui é que muitos idosos não querem ter este tipo de monitoramento, pois acham que sua privacidade está sendo invadida e a aceitação acaba sendo menor.
  • Muito usado para questões como perigo de queda, fogão ligado, pia ou chuveiro transbordando água ou deixar uma porta aberta.

Ser avisado pelo seu parente prontamente em caso de emergência.

  • Pode ser usado para todos os idosos que moram sozinhos e que estão fisicamente menos capazes.
  • Normalmente são monitores de botão de alerta usados como pingente ou relógio. Usa-se o tempo todo e é muito importante principalmente para atividades externas à casa, nas quais há mais perigo de quedas.
  • Interessante ter uma empresa que faça o monitoramento 24h e que possa socorrer imediatamente, principalmente se os parentes morarem longe.
  • Também há certa resistência por parte do idoso e muitos sentem-se incomodados por usarem estes dispositivos.

Acompanhar parâmetros de bem estar e saúde mais de perto.

  • Mais indicados para idosos que estejam com a saúde mais frágil e que moram sozinhos.
  • Para este caso são usados sensores mais avançados e com maior capacidade de medição.
  • Utilizado para medir velocidade de movimento ao caminhar, fornecendo dados para detectar problemas de marcha e risco de queda. Também pode verificar se estão comendo regularmente ou ficando sentando ou deitado por muito tempo e se este tempo vem aumentando.
  • O cuidador familiar gasta mais tempo analisando o monitoramento para melhor assistir seu pai ou sua mãe.

Ser avisado durante o período noturno ou sobre os serviços prestados de um home care e/ou cuidador profissional.

  • Aplicado para idosos com mais comprometimentos físicos e cognitivos e que já estão recebendo alguma ajuda.
  • Sensores usados para tranquilizar cuidadores, principalmente no período noturno, servem para detectar movimentos diferentes e alertar se houver algo diferente.
  • Algumas famílias utilizam sensores para monitorar os serviços prestados de cuidado como home care ou cuidador profissional, verificando as atividades que estão realizando com os idosos.

Agora que você já conhece um pouco mais sobre os equipamentos de monitoramento, aproveite e conheça também as soluções que a Plug and Care preparou para você.

São indispensáveis opções de Assistência Senior, Seguro Residencial, Monitoramento e Teleassitência. Clique aqui e escolha a que melhor se adequá a necessidade do seu familiar e aproveite!