fbpx
                       
Uma senha sera enviada para seu e-mail

Lanche: será que é um bom alimento para meu familiar idoso?

Porque o lanche é tão comum no jantar dos idosos?

Seu familiar idoso troca facilmente um prato de comida por um lanche na refeição da noite? Assim como você, muitos familiares cuidadores se preocupam com a alimentação dos idosos, já que alguns problemas de saúde podem estar associados a má alimentação, causando uma perda de peso importante ou até mesmo a obesidade. E é bom ressaltar, que nenhuma das duas situações são boas para saúde do idoso.

O envelhecer promove algumas mudanças na vida das pessoas podendo gerar um desinteresse por comer direito. Os fatores causadores dessas mudanças na vida do idoso vão desde condições financeiras para fazer um bom supermercado até capacidade física para preparar a sua comida, sem esquecer das mudanças no paladar, olfato e mastigação (leia mais sobre esses assuntos no nosso conteúdo digital de alimentação saudável durante o envelhecimento).  

Familiar cuidador, se considerarmos que preparar um lanche é muito fácil e rápido e resulta em pouca louça para lavar ao final, torna-se bem tentador essa escolha de alimentação para o idoso. Além dessas facilidades, os pães de farinhas refinadas, os doces e as massas agradam muito mais o paladar dos idosos e são fáceis de mastigar. Mas por outro lado, essa alimentação pobre pode causar uma carência de vitaminas, minerais, proteínas no organismo desses idosos.  

Assim, a substituição de refeição por um simples lanche no jantar tem sido motivo de desentendimentos entre o familiar cuidador e o idoso. Cuidador familiar, com jeito e calma, é muito importante conversar com seu idoso sobre a importância dos nutrientes essenciais (hidratos de carbono, gorduras, proteínas, minerais e vitaminas) na manutenção da função do organismo dele. Muitos estudiosos têm demonstrado que a deficiência de apenas um nutriente pode ser motivador de doença e/ou morte. Enfim, essa preocupação de vocês familiares cuidadores tem sentido de ser.

Mas vamos combinar que proibir os idosos de fazerem lanches para jantar não é a melhor coisa. Em vez disso, familiar cuidador vamos pensar juntos em algumas estratégias para tornar a alimentação do seu familiar idoso mais saudável:

  • Assegure que o lanche do seu idoso contenha os nutrientes essenciais, tais como: proteína animal (carne, aves, peixe), proteína vegetal (leguminosas), minerais e vitaminas (frutas em sucos);
  • Facilite o trabalho de mastigação do idoso, desfiando a carne que foi bem cozida na panela ou moendo a carne para fazer hambúrguer e almôndega;
  • Utilize pães com fibras e multigrãos, e lembre de aumentar a frequência e porções;
  • Para mais orientações, leve seu familiar idoso a uma nutricionista, especialista em gerontologia;
  • Além dessas dicas, você pode aprender mais sobre o assunto lendo o conteúdo digital produzido pela Plug and Care sobre alimentação saudável para o idoso, clicando aqui.

Plug And Care – Conectando o cuidar
Conheça o nosso aplicativo